Previsão do Tempo
Bauru
Bairros

Caic tem nova esperança de ter sistema de monitoramento

Mesmo sem recurso previsto, Delegacia Regional de Ensino acredita que caso agilizará implantação na unidade

05/10/17 07:00
Divulgação
PM, vereadores, representantes da rede de ensino, pais e estudantes do Caic participaram da reunião; Kitazume fala aos presentes

A proteção de escolas, tanto da rede estadual quanto municipal, depende de recursos para ampliar a instalação de monitoramento por câmeras e contratar vigias para escalas noturnas. Esta foi a principal conclusão da reunião realizada nessa quarta-feira (4), na Câmara, pela Comissão de Educação. O episódio que culminou no encontro foi o vandalismo e incêndio registrados na unidade da Escola Estadual Professora Marta Aparecida Hjertquist Barbosa, o Caic do Nova Esperança, na madrugada do último domingo em Bauru. 

Conforme o JC noticiou, a unidade já foi invadida mais de 20 vezes só neste ano e, após ter sido parcialmente incendiada no último fim de semana, retomará as aulas só na próxima quarta-feira, conforme a dirigente em exercício da Diretoria Regional de Ensino (DRE), Beatriz Ortiz. 

Vereadores, representantes das redes municipal e estadual de ensino, PM, pais e estudantes do Caic participaram do encontro ontem.

Presidente da Comissão de Educação, a vereadora Chiara Ranieri (DEM) conduziu os trabalhos. Ela destacou que, apesar do problema crônico de ataques a escolas municipais e estaduais de Bauru, a situação do Caic requer atenção especial, em razão da gravidade do último ato criminoso e da reincidência dos casos. Só em 2017, foram 24 boletins de ocorrência: 21 por depredação e três por furtos.

Ao ser informada pela diretora do Caic, Edna Lima, de que, independentemente dos R$ 485 mil já anunciados para a reforma estrutural da unidade, foi autorizado o repasse de recursos extras para a recuperação dos danos, a parlamentar fez a ressalva de que a discussão deve priorizar a busca por soluções que impeçam a repetição de episódios como o do último final de semana.

Mas Beatriz Ortiz, que responde pela DRE, pontuou que, apesar de ter sido solicitada à Secretaria de Educação do Estado, a ampliação dos sistemas de alarme e videomonitoramento da escola, não há previsão de recursos neste momento. A responsável pela rede de ensino na região, entretanto, acredita que, em função da gravidade e da repercussão do caso, o plano deve se concretizar em breve. 

VIGILÂNCIA

Já o reforço de vigilância noturna está mais longe ainda. A secretária municipal de Educação, Isabel Miziara, foi indagada sobre a possibilidade de cessão de profissionais da prefeitura. Ele citou que faltam servidores do ramo inclusive para unidades da rede. Ou seja, sem condições de fornecimento do profissional para a vigilância a unidades estaduais.

A vereadora Telma Gobbi (SD) frisou que, diante da indisponibilidade de recursos para fortalecer a segurança em todas as escolas, o Estado deve priorizar as mais visadas. Beatriz Ortiz pontuou que a Secretaria de Educação do Estado tem o mapeamento, onde consta o Caic como prioritário. 

A Polícia Militar foi representada na reunião pelo tenente-coronel Flávio Jun Kitazume, comandante do 4.º Batalhão de Polícia Militar do Interior (4.º BPM-I), e pelo capitão Rodrigo de Ângelo, comandante da 3.ª Companhia. Eles disseram que a PM não tem estrutura, nem atribuição, para manter estrutura fixa de vigilância na escola. Mas informaram que as rondas são feitas regularmente. A dificuldade é identificar sinais de arrombamentos externos. 

Kitazume observou que a região do Nova Esperança sofreu intenso processo de adensamento populacional, com a instalação de grandes empreendimentos, que não foram, contudo, acompanhados por equipamentos de lazer, esporte, educação e assistência social para mitigar seus impactos. Em razão disso, a vereadora Chiara informou que a Comissão de Educação tratará desse assunto nas reuniões semanais junto a diversos setores do governo.

Também participaram da reunião Serginho Brum (PSD), Mané Losila (PDT), Luiz Carlos Bastazini (PV), Pastor Luiz (PRB), Miltinho Sardin (PTB) e Coronel Meira (PSB).

Ler matéria completa
Mais notícias em Bairros
As mais compartilhadas no Face
Recomendado
voltar ao topo