Previsão do Tempo
Bauru
Entrelinhas

Entrelinhas

Da Redao

Endurece

Manchete de hoje do JC mostra que a Prefeitura de Bauru, a exemplo de outros municípios e até estados, vai endurecer a fiscalização contra a sonegação de Imposto Sobre Serviços (ISS), podendo até, em último caso, quebrar o sigilo bancário das empresas que não declararem de forma correta. Projetos de lei estão na pauta desta segunda-feira, na Câmara Municipal.

Cessão

A prefeitura encaminhou projeto de lei à Câmara Municipal pedindo autorização para ceder um ônibus que atualmente está com a Secretaria de Cultura para uso da Emdurb. O veículo, da marca Ford, foi fabricado em 1995/modelo 1996, e terá como finalidade levar funcionários de campo da empresa municipal para frentes de trabalho.

Solução

Na própria exposição de motivos do projeto, o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) cita que a Emdurb não dispõe, neste momento, de recursos para renovar sua frota, e que por isso a cessão de um ônibus que atualmente é subutilizado na administração direta é uma alternativa para garantir o transporte dos servidores aos locais de trabalho.

Gastos

Aliás, a Emdurb paga mais de R$ 30 mil mensais para alugar caminhões de lixo, isso desde novembro do ano passado, justamente em função do sucateamento da frota. A atual administração já cogitou fazer um financiamento para aquisição de veículos. De qualquer forma, cabe ao município avaliar se vale mais a pena ter uma frota própria e custear o ônus com o desgaste ou locar e não ter um patrimônio.

Abandono

Ainda no assunto veículos da prefeitura, em sessão recente da Câmara Municipal, o líder da oposição, vereador Ricardo 'Cabelo' (PPS), exibiu fotos de vários carros abandonados no pátio da prefeitura, ligados à Secretaria de Obras. Nesta semana, o parlamentar também cobrou melhorias na nova unidade de saúde do Jardim Chapadão, que o governo passado concluiu mas não entregou e já está sendo depredada.

Ajudantes

Mesmo diante da dificuldade orçamentária e do limite com gastos com salários, o prefeito autorizou a nomeação de 20 ajudantes gerais, relativo a concurso público realizado em 2015. A publicação, na última edição do Diário Oficial, visa suprir o trabalho em várias áreas da prefeitura, que vem sofrendo com o déficit de profissionais.

Na Saúde

Só na Saúde, por exemplo, são mais de 600 vagas que precisam ser preenchidas, de acordo com a pasta. Muitos médicos e enfermeiros, além de profissionais de apoio, se aposentaram nos últimos anos. Já na Educação, também há muitos professores e servidores de apoio em processo de aposentadoria, tanto que serão abertas 70 vagas de professor substituto, já autorizadas pelo Poder Legislativo.

Aposentadoria

Ex-diretor de Planejamento e Controle da Secretaria Municipal de Saúde médico Pedro Luiz Pereira se aposentou nesta semana. Ele esteve no cargo de direção durante a gestão passada, do ex-secretário Fernando Monti, e sempre foi bastante elogiado pelo trabalho de controle de informações, tanto que Pereira era o funcionário responsável por apresentar os dados da Saúde nas audiências públicas de prestação de contas na Câmara.

voltar ao topo