Previsão do Tempo
Bauru
Bairros

Jardim Mary passa a ter água 24 horas após anos de problema crônico

900 metros de adutora ligou o bairro ao reservatório da Vila Santos Dumont

09/02/19 07:00
Fotos: Divulgação
Letícia Rodrigues da Silva respirou aliviada com água 24 horas
Maria Helena Silva possui um bar no bairro e sofria sem água

O Departamento de Água e Esgoto (DAE) concluiu as obras de reforço e ampliação no sistema de distribuição de água no Jardim Mary, região sudeste de Bauru, que há anos sofre com problemas críticos na rede de abastecimento de água

Técnicos da autarquia implantaram 900 metros de adutora com diâmetro de seis polegadas, ligando o reservatório da Vila Santos Dumont ao bairro, 400 metros de canos de duas polegadas, instalaram ramais e adequações de rede, o que melhorou substancialmente as condições de abastecimento da população.

Entre os moradores beneficiados no bairro está a comerciante Maria Helena Silva, que tem um pequeno estabelecimento na quadra 2 da rua Flaviano Mantio Cardareli. Ela conta que a água só chegava à noite e mal dava para o período da manhã.

"Todas as tardes tinha que pedir caminhão-pipa e até comprei uma bomba para recalcar a água das caixas do chão, que o DAE abastecia para o reservatório elevado", enfatizou.

Outra moradora do bairro que respirou aliviada foi Letícia Rodrigues da Silva, proprietária de uma pequena fábrica de alimentos.

Ela explica que a reservação de três mil litros era insuficiente, porque consome muita água na produção das massas e limpeza do estabelecimento e todos os dias tinha que apelar para os caminhões para suprir a demanda.

"Foram mais de três anos de sofrimento, sonhando com o dia que pudesse receber água na torneira durante 24 horas. Agora, nossa situação aqui na empresa e em casa mudou para muito melhor, graças a Deus", ressalta Letícia, emocionada.

PROBLEMA HISTÓRICO

O presidente do DAE, Eric Fabris, explica que a autarquia tem uma programação voltada ao atendimento de regiões que, historicamente, tem deficiências no abastecimento de água, como a Vila São Paulo, a Pousada Esperança e Jardim Mary.

"No caso do Jardim Mary, ficamos felizes pelo reconhecimento dos moradores, mas, na verdade, temos que pedir desculpas a eles pela demora na implantação das benfeitorias. Inicialmente, vamos atender um número pequeno de pessoas, mas já vamos deixar a região pronta para novos projetos de expansão urbana", finalizou o presidente do DAE.

Ler matéria completa
Mais notícias em Bairros
As mais compartilhadas no Face
Recomendado
voltar ao topo