Previsão do Tempo
Bauru
Esportes

Marreta bate nigeriano e avança na disputa do título dos meio-pesados do UFC

09/12/18 10:00
Estadão Conteúdo

O brasileiro Thiago Marreta derrotou o nigeriano Jimi Manuwa, número 7 do ranking mundial, sábado à noite, em Toronto, no Canadá, na edição 231 do UFC e se aproximou de uma oportunidade de disputar o título dos meio-pesados (até 93 quilos) do UFC.

O nocaute veio aos 41 segundos do segundo assalto, por intermédio de um direto de esquerda. Foi a terceira vitória consecutiva do lutador nacional. "Eu vou ser campeão do UFC. Eu gosto de fazer isso aqui em cima, trocar porrada, trocar soco e fazer meu adversário sentir dor."

O norte-americano Max Holloway manteve o cinturão dos pesos pena (até 66 quilos), ao vencer o compatriota Brian Ortega, por nocaute técnico no intervalo do quarto para o quinto assalto. 

Os médicos paralisaram o duelo por causa de uma lesão no olho esquerdo de Ortega, que perdeu pela primeira vez na carreira. Foi a 13ª vitória consecutiva de Holloway no UFC.

A quirguistanesa Valentina Shevchenko conquistou o título vago na categoria dos pesos mosca (até 57 quilos), ao derrotar, por pontos, após cinco rounds, a polonesa Joanna Jedrzejczyk. Os três jurados apontaram 49 a 46.

"Quero dividir isso com a minha irmã (Antonina, também lutadora do UFC) e com minha equipe e meus fãs, que fizeram parte desta conquista de cinturão. Estou muito feliz por esta vitória em cima da Joanna, porque ela é muito profissional e boa lutadora", disse Shevchenko.

Apesar da derrota, Joanna Jedrzejczyk se tornou a lutadora que mais vezes disputou lutas por título mundial: nove. Ela superou Ronda Rousey, que fez oito duelos. Ele perdeu pela terceira vez, em 18 lutas. Valentina Shevchenko ganhou pela 16ª vez, em 19 lutas.

Ler matéria completa
Mais notícias em Esportes
As mais compartilhadas no Face
Recomendado
voltar ao topo