Previsão do Tempo
Bauru
Polícia

Jovem de 24 anos é preso com drogas e aves silvestres

Fato ocorreu no Vânia Maria e mobilizou PM, Canil e Polícia Ambiental

09/01/19 07:00
Marcele Tonelli
Fotos: Polícia Militar/Divulgação
Na casa do acusado, a PM localizou várias porções de maconha e crack
Pássaros silvestres e exóticos foram apreendidos em gaiolas completamente sujas, sem comida e água

Um jovem de 24 anos foi preso por tráfico de drogas e ainda autuado em R$ 16 mil por manter animais silvestres em cativeiro e com sinais claros de maus-tratos, em Bauru.

O flagrante ocorreu por volta das 11h dessa terça-feira (8) no bairro Vânia Maria, durante a apuração de denúncias que mobilizaram a Polícia Ambiental, 3.ª Companhia da Polícia Militar e Canil da PM.

Segundo o sargento Wendell Mak de Mendonça e Silva, as denúncias informavam que, em uma praça nas imediações quadra 4 da rua Antônio Alves de Souza, uma pessoa estaria comercializando pássaros e realizando tráfico de drogas.

Ao chegarem na casa do acusado, as equipes policiais encontraram três pássaros silvestres, um preto, uma coleirinha e um periquito-rico. Todos estavam, segundo a polícia, em gaiolas completamente sujas, sem comida e água. Nas mesmas condições estavam outros três canarinhos exóticos.

Com a ajuda do cão PM Baruk, os policiais localizaram 158 porções de maconha, dois pinos e uma pedra de crack escondidas debaixo da cama do acusado. Ainda no quarto, no armário dele, mais drogas: um tijolo de aproximadamente 300 gramas de maconha. 

O acusado, L.A.N. (somente as iniciais foram informadas pela polícia) tentou fugir das equipes, mas acabou detido a uma quadra de sua casa.

Levado para a delegacia, o jovem teve a prisão ratificada por tráfico de drogas e a Polícia Ambiental ainda o autuou em R$ 15 mil por maus-tratos e em R$ 1 mil por manter pássaros silvestres em cativeiro.

Apreendidos pela Polícia Ambiental, as aves passaram por verrinário ontem. As silvestres estão em estado bravio e serão soltas em reservas ecológicas. Já os exóticos serão destinados a um fiel depositário.

Ler matéria completa
Mais notícias em Polícia
As mais compartilhadas no Face
Recomendado
voltar ao topo