Previsão do Tempo
Bauru
Polícia

Mary Dota: Polícia Civil esclarece 2 roubos praticados em meia hora

Acusado será indiciado por assaltos pela DIG, mas, como foi detido com drogas, o flagrante da prisão dele foi por tráfico de entorpecentes

12/02/19 07:00
Fotos: Polícia Civil/Divulgação
Diego Gabriel Guedes Costa
Porções de maconha foram apreendidas pela polícia

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Bauru, esclareceu dois assaltos praticados em Bauru, há dez dias. Um foi cometido contra um posto de gasolina e o outro vitimou uma farmácia, ambos localizados na região do Mary Dota.

Na ocasião, em aproximadamente 30 minutos, entre 23h15 e 23h50, o ladrão roubou os dois comércios.

O acusado usava boné e arma de fogo, rendia os funcionários e subtraia os valores do caixa, fugindo a seguir, informa o delegado Cledson Luiz Nascimento, titular da DIG.

De acordo com ele, iniciadas as investigações, a Polícia Civil identificou um indivíduo egresso do sistema prisional, que promoveria o tráfico de drogas em um bar no Núcleo Beija-Flor, chamado Diego Gabriel Guedes Costa, 34 anos.

Após investigá-lo, os policiais civis da equipe de combate a crimes contra o patrimônio chegaram ao endereço dele.

Na última sexta-feira pela manhã, Diego foi localizado, no Vânia Maria, com porções de maconha, anotações típicas de tráfico, mistura para droga e embalagens.

Na casa dele, os policiais ainda acharam uma espécie de base que ele usou para ocultar suas tatuagens, acrescenta a Polícia Civil.

Conduzido à Central de Polícia Judiciária (CPJ), ele confessou informalmente a autoria dos roubos, mas disse que jogou a arma no rio, acrescenta a autoridade policial.

Também informou que só falaria em juízo. Diego foi preso em flagrante por tráfico de drogas e foi encaminhado à Cadeia de Avaí.

Na audiência de custódia, ele teve a prisão convertida em preventiva.

O acusado também será indiciado pelos dois roubos, explica o delegado Cledson Nascimento.

Caso Diego seja reconhecido em outros roubos, a vítima poderá entrar em contato com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Bauru na CPJ, na avenida Rodrigues Alves, 23-23, e pelos telefones 197 da Polícia Civil ou (14) 9 9668-7751 (pode ser por whatsApp) e 3235-6525.

Fotos: Polícia Civil/Divulgação
Imagem de câmera de segurança registra o acusado em ação
Acusado praticou roubos armados e com boné
Ler matéria completa
Mais notícias em Polícia
As mais compartilhadas no Face
Recomendado
voltar ao topo