Previsão do Tempo
Bauru
Regional

Motoristas se apresentam e são indiciados por disputa de 'racha' que acabou em morte

Os dois homens negaram o crime e responderão em liberdade

07/11/18 07:00
Lilian Grasiela

São Manuel - Os dois motoristas envolvidos no acidente de trânsito que resultou na morte de um homem de 57 anos na madrugada de domingo (4), em São Manuel (69 quilômetros de Bauru), se apresentaram nesta terça-feira (6) à Polícia Civil e, apesar de negarem a disputa de "racha", foram indiciados com base em artigo do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que penaliza com prisão, multa e suspensão da CNH os motoristas que participam desta prática.

Conforme divulgado pelo JC, a vítima, Gomercino de Jesus, conduzia um Gol com placas de São Manuel pela vicinal Tarcílio Baroni, quando, por volta das 2h20, na altura do bairro Hélio Aguiar, bateu de frente com outro Gol, também de São Manuel. Gomercino não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O filho dele, de 23 anos, que estava no banco do passageiro, foi arremessado para fora do carro, mas sofreu apenas escoriações. Ele foi socorrido por uma ambulância da prefeitura e levado ao Pronto-Socorro Municipal. A namorada do jovem, de 35 anos, que estava no banco de trás, não se feriu.

Em depoimento à polícia, o filho de Gomercino contou que, após uma curva, o pai foi surpreendido pelo Gol, que estaria na contramão, emparelhado com outro veículo, aparentemente disputando "racha". Ainda segundo o jovem, após o acidente, o condutor do outro carro voltou para buscar o amigo.

Segundo a Polícia Civil, o motorista do Gol que bateu no carro da vítima, de 21 anos, disse que retornava de Pratânia e que a colisão ocorreu quando ele tentou ultrapassar a Saveiro conduzida por um amigo. Ele negou a disputa de "racha" e alegou que deixou o local só após a chegada da ambulância.

O condutor da Saveiro, de 20 anos, que deu carona ao amigo após o acidente, contou que havia comprado o carro naquele dia e que mexia no rádio durante a tentativa de ultrapassagem. Ele afirma que acelerou quando viu o carro da vítima para que seu amigo recuasse, mas não conseguiu evitar o choque.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os dois jovens - que não tiveram nomes divulgados - declararam que não ingeriram bebida alcoólica no dia dos fatos. O condutor do Gol foi indiciado por participação em racha resultante em morte, fuga do local do acidente e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor.

Já o condutor da Saveiro foi indiciado pelos dois primeiros crimes. Os dois responderão em liberdade por terem se apresentado espontaneamente à polícia, trabalharem com carteira assinada, terem residência fixa e não possuírem antecedentes criminais. A Polícia Civil aguarda, agora, resultado da perícia feita no local do acidente, que deve ficar pronto em 30 dias.

Ler matéria completa
Mais notícias em Regional
As mais compartilhadas no Face
Recomendado
voltar ao topo