Previsão do Tempo
Bauru
Sacadas

Pra começar

11/02/18 07:00

Sinto-me nascido a cada momento para a eterna novidade do mundo...

Fernando Pessoa

____________________________________________________

Pra começar

Bom domingo de Carnaval pra você e mais ainda se você está entre os que até a próxima terça vão estar de folga, aproveitando para fazer o que quiser, festando, aqui e na região, ou viajando para a praia, campo, pescando ou visitando parentes e amigos.

Escolhas

Tem gente, que prefere o recolhimento, aproveitando o feriadão para uma boa leitura, ver filmes, ouvir musica, ou ir para um retiro, com meditações para religação com o lado espiritual. Outros preferem os alegres acampamentos e encontros com a mesma espiritualidade, porém com atividades recreativas, esportivas e culturais, como grupos de adolescentes e jovens.

Dolce far niente

Num mundo tão habitado, isso mostra que cada vez mais estamos nos agrupando por afinidades . O Carnaval, é claro, continua sendo uma festa popular importante, cresceu nos desfiles e em algumas cidades o povo retomou o protagonismo do evento, tomando as ruas em blocos que chegam a reunir milhares de pessoas como no Rio e São Paulo e também em Bauru. Mas cedeu espaços para outros aproveitamentos daquilo que para muitos são o seu maior atrativo: os dias de folga, para um delicioso “dolce far niente”.

Minas

E por falar em viagens, vale lembrar que as montanhas do sul de Minas, de Poços de Caldas, a pouco mais de três horas daqui, até a região do circuito das aguas rumo a Mantiqueira, continuam lindas. Cidades como São Lourenço, Caxambu, Cristina, Cambuquira, Lambari, São Thomé da Letras, Maria da Fé, Santa Rita do Sapucaí, Piranguinho e Itajubá, entre outras, continuam como excelentes alternativas as rotineiras esticadinhas até as praias, por exemplo.

48 horas

Para quem quer descansar do ritmo paulista, sempre é bom lembrar: Minas é um grande Estado, e não é só o alqueire mineiro que tem o dobro do tamanho do alqueire paulista. Também os dias nas pequenas e bucólicas cidades mineiras nos dão a impressão de que tem o dobro do tempo, ou seja, 48 horas. Dúvida? Experimente, mas sem pressa. Exceção para as progressistas capitais do Sul mineiro, Varginha e Pouso Alegre, cidades onde a velocidade do tempo está sincronizada com a da capital paulista.

Coisas da roça

Outra coisa que não falta por lá é comida e bebida da boa. Cachaça, café, queijos e linguiças, doce de leite, pé de moleque, frutas em caldas, compotas e até mesmo os doces em caixas de madeira, como a goiabada cascão, na roça, servida no prato fundo para ser saboreada, amassada com garfo e regada a leite de ordenha feita antes do amanhecer.

Perrier

Não faltam é claro as excelentes aguas minerais, ótimas para se hidratar, tratar da saúde, da beleza da pele e se refrescar tanto em nascentes e fontes, corredeiras, remansos, cascatas e cachoeiras. Fora os balneários como os de Caxambú, Lambari e no Parque das Aguas de São Lourenço, comprado pela Nestle, também dona da famosa agua francesa Perrier lá do Sul da França. Dizem que a do Sul de Minas é melhor, no que concordamos.

Açougue

Em São Lourenço, na região da bucólica estação que está mais para cenário de novela das seis, acontecem os passeios na velha Maria Fumaça, tendo em seu entorno lojas especializadas nas gostosuras da região. Por lá uma de nossas dicas é a Casa da Linguiça, que funciona na Avenida Daniel Carvalho, a 100 metros da Praça da Estação. Jovem animado, neto do fundador da famosa casa, Fabrício tem orgulho e muito carinho pelo avô, José Bernardo(foto), que é hoje o mais antigo e famoso açougueiro em ação por aquelas bandas, perto dos oitenta anos de idade.

Cardápio

Cortes especiais de boi e porco, leitoas, lombos, são apenas uma parte do cardápio, que além de chouriço, salame caseiro e frango caipira, apresenta 12 tipos de linguiça, dentre as quais anotamos algumas como as de lombo com provolone, argentina em pedaços, de queijo coalho, de carne com jiló, rúcula e até mesmo a “Romeu e Julieta”, recheada com queijo e goiabada. E ainda por cima, se quiser beliscar, eles gentilmente fritam na hora para degustação e até de oferecem uma cachacinha para acompanhar o tira gosto. Pode isso?

Gerações

Segundo Fabrício, seu avô ensinou o oficio a muita gente. Simpático e atencioso como toda a equipe de profissionais dos três açougues da família, lembra que suas linguiças são feitas com produtos de primeira qualidade, temperos especiais e técnicas passadas de geração para geração, todas caseiras e com produção própria. E garante que as linguiças frescas embaladas a vácuo podem ser transportadas por 18 horas sem gelo, que não tem problema, ressaltando que as curadas tem validade ampliada, tanto como as armazenadas em embalagens refrigeradas. Quer saber mais, ou fazer uma encomenda? Ligue pra ele: 035- 98827-5558.

Bauru legítimo

A cidade que deu o nome ao mais famoso sanduiche do hemisfério sul, terá o seu mais conhecido representante contemporâneo, o Marquinho do Skinão (foto) definitivamente de volta a lida. Amigo a quem homenageamos com o título de Embaixador do Bauru, durante o Viva Bauru que abriga e viabiliza a Festa do Sanduiche , foi contratado por um grupo de empreendedores dispostos a trazer de volta o “bauru“ mais famoso da cidade.

Zé do Skinão

Com sua receita resgatada há décadas pelo famoso e saudoso Zé do Skinão, seu pai, Marquinhos está animado com a ideia de voltar à ativa no mesmo segmento que o tornou um dos bauruenses que representam símbolos como o nosso sanduiche.

Onde?

A nova casa deverá ser num simpático espaço na Octávio Pinheiro Brizola, mais precisamente em frente ao Lockman Café, consagrado espaço gourmet que funciona junto a concorrida loja de moda Pedágio.

Points

Assim a região da cidade que é conhecida por ser um polo de requintadas lojas de moda de todo o grande centro paulista, também sedia espaços gastronômicos como o requintado La Terrasse, o disputado e aconchegante Villa Graziella, o animado Bongo, o espaço de culinária japonesa Kasan e o bar dos esportes The One. Sem nos esquecermos do sempre animado e espaço do bar e restaurante do nosso charmoso Aeroclube e da completa praça de alimentação do Bauru Shopping. Quadras abaixo, na mesma avenida estão o Old Dog e ao lado o Empório São Lourenço.

Acolhimento

Andando pela cidade sempre encontramos boas referências nos contatos do dia a dia, mostrando exemplos de gente que gosta de gente, que se coloca com simpatia, fazendo do trabalho uma oportunidade de fazer e cultivar amizades. José Carlos da Silveira (foto) porteiro do movimentado edifício empresarial Portal do Bosque é um desses exemplos de pessoas que zelam e nos recebem nas empresas, condomínios e outros lugares aonde vamos a trabalho ou passeio.

Do bem

Paulistano, há mais de 20 anos em Bauru, onde mora com a família, Carlos tem parentes na pequena Jacuba. Funcionário da NP Service há 12 anos, é sempre atento, prestativo e discretamente bem humorado. Por suas qualidades e comportamento pode ser chamado também de anfitrião, cumprimentando a todos e orientando pessoalmente a cada um dos empresários e profissionais que lá trabalham ou recebendo diferenciadamente os visitantes, sempre disposto a ajudar, independente de quem seja. Por hoje é só, tenha uma ótima semana é até domingo que vem com as bênçãos do Criador.

Ler matéria completa
Mais notícias em Sacadas
As mais compartilhadas no Face
Recomendado
voltar ao topo