Previsão do Tempo
Bauru
Sacadas

Sacadas

14/04/19 07:00

Em Sampa

Uma das boas pedidas para quem for a São Paulo, mesmo em semana de feriado, é aproveitar para ver a obra-prima o "Abaporu", da artista Tarsila do Amaral (foto), destaque com suas obras na Semana de Arte de 22, que mudou a trajetória da arte no País tendo lançado o movimento "Antropofágico", que foi o mais radical de todos os movimentos do período Modernista.

No Masp

Pertencendo ao Museu de Arte Latino-americano de Buenos Aires (Malba), a obra esteve na Capital paulista pela última vez em 2008, durante uma mostra especial da Pinacoteca e retorna agora ao Museu de Arte de São Paulo (Masp) na exposição Tarsila Popular. Tem curadoria de Adriano Pedrosa e Fernando Oliva e reúne mais de 100 trabalhos da artista.

Quando e quanto?

A exposição acontece até 23 de junho, sempre de quarta a domingo, das 10h às 17h30, e às terças-feiras das 10h às 19h, com ingressos a R$ 40,00, meia-entrada a R$ 20. E vale uma ressalva: às terças, entrada franca.

Ainda por lá

La perto, outra pedida é uma visita à Casa das Rosas (foto), que fica também na Avenida Paulista, 37, guardando a memória de um momento ímpar da arquitetura paulista, assinada pelo do arquiteto Francisco de Paula Ramos de Azevedo, à época o mais famoso e renomado da área na América Latina. Ele projetou prédios históricos, como a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal, o Prédio da Light e o Mercado Público de São Paulo.

Solução

Sob ameaça de demolição, o casarão foi preservado em ação inédita no Brasil. Na parte do terreno que dá para a Alameda Santos, foi liberada a construção de um moderno edifício comercial, enquanto a casa foi restaurada e transformada pelo Estado de São Paulo em espaço cultural, inaugurado no centenário da avenida Paulista, em 1991. Está ativa até hoje para visitações, palestras, exposições, cafés e com restaurante, pode ser considerado um exemplo, real, inteligente, factível e responsável de preservação e sustentação.

As principais diretrizes

1. Tornar a Casa das Rosas, "museu de si mesma", conscientizando o público para a importância da preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade.

2. Apoiar a criação literária em todas as suas etapas, propiciando, desde ao iniciante até ao escritor já consagrado, capacitação técnica e recursos de profissionalização.

3. Constituir um núcleo de preservação, investigação, reflexão, documentação e difusão da obra do poeta e ensaísta Haroldo de Campos que sirva como referência indispensável, nacional e internacional. Lá funciona. Aqui...

"Derrubamento"

Diferentemente disso, lá de São Paulo, técnicos do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) tombam o entorno não edificado da nossa Estação, ajudando tornar morto, desabitado e em franca deterioração o velho e glorioso Centro da cidade.

Formal

Para chegar a esse engessamento, cumpriram formalidades sem, no entanto, ter havido grande, ampla e bem alardeada consulta aos bauruenses, que preocupados com as diversas demandas particulares e coletivas, não conseguem, é claro, estar atentos a todas as decisões que vão, depois de tomadas, impactar nas vidas de todos eles. Certamente não gostariam que as coisas ficassem deterioradas como estão.

Preservar, sim

É claro que o valor histórico, cultural, documental deve - e tem - de ser preservado, mas sem subjetivismos e a devida fonte sustentável de recursos para preservação que não onere ainda mais os já combalidos cofres públicos.

Em tratativas

Isso é fundamental nesse momento em que lideranças da cidade se empenham na recuperação do Centro, que como já dissemos, passará pela presença de gente morando por lá. Isso acrescido de inovações em acolhimento, hospitalidade, segurança, acessibilidade e interação amistosa que não apenas de relações comerciais entre as pessoas. Creiam, esse sonho pode virar realidade, como virou a Faculdade de Medicina da USP, que graças a muita luta está aí, já atuando na formação de médicos a partir de Bauru.

Anote

O empenho é para que em breve, breve mesmo, o Centro ganhe vida nova com a retomada de modernos projetos habitacionais, harmonizando o histórico e o novo. Reuniões estão acontecendo com lideranças empreendedoras daqui e de fora para que um sonho de todos se torne realidade. Inclusive com a municipalidade, liderada pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta que, reconheçamos, está se esforçando e tratando pessoalmente do assunto com o suporte e apoio dos seus secretários para que tudo vire realidade, em especial o bem projetado megaparque público Vista Central.

Calendário

Douglas Reis
André Freitas (JC), Odair Secco, Alceu Camargo, Hudson Petenuci e Édio Cássio Ramos

Ainda no tema Centro, onde está a maioria das empresas filiadas à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a diretoria da entidade (foto) amplia cada vez mais a união e aproximação dos lojistas com a comunidade local e regional, fortalecendo a relevância do segmento como fator de geração de emprego, renda, tributos e atratividade para Bauru. Assim, definiu com seus principais parceiros as suas novas ações, incluindo um plano promocional e marketing 360º.

Mais

Seu calendário para todo o restante do ano segue com a campanha do Dia das Mães, com sequência do Dia dos Namorados, Férias no Centro, Aniversário da Cidade, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Black Friday Bauru e Natal Tamanho Família, onde conta historicamente com o Grupo Cidade, outros meios de comunicação e patrocínios viabilizados pela Projeto Cidade, agora ampliados em relação às bem sucedidas iniciativas anteriores.

Avanços

Planejam também treinamentos e marketing de incentivo para os profissionais da área. Focam o grande público através de promoções especiais com prêmios, concursos e interação, com utilização de plataformas tradicionais e consagradas como rádios, jornal, televisões, revistas, outdoor, impressos e também portais, redes sociais e outros outras plataformas com recursos interativos para os quais já conta com parcerias consolidadas.

Páscoa

Assim seguimos com força, foco e fé, desejando a você mais uma Santa Semana, de reflexão, sabedoria, aprendizado, rumo a uma Páscoa de muitas bênçãos do Criador, celebrando a ressurreição de Cristo.

Ler matéria completa
Mais notícias em Sacadas
As mais compartilhadas no Face
Recomendado
voltar ao topo