Previsão do Tempo
Bauru
Entrelinhas

Entrelinhas

Da Redao

Lento

A última semana do ano deve ser de calmaria e poucas novidades no governo municipal, com a maioria das pastas aproveitando os três dias úteis finais para balanços e conclusão de pendências que ficaram. A semana que vem também será curta, e a tendência é que as atividades estejam no andamento normal a partir da segunda semana do ano (a partir do dia 7/1).

Sobras

Já a Câmara Municipal vai trabalhar apenas amanhã e sexta-feira, quando o presidente Sandro Bussola (PDT) deve fechar o valor das sobras do duodécimo que será devolvido ao governo. Um acordo entre a prefeitura e os parlamentares é para que o dinheiro seja usado na construção da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) do Núcleo Nova Esperança. A estimativa da Câmara é devolver pouco mais de R$ 2 milhões, valor superior ao dos anos anteriores.

Placas

O vereador Ricardo Cabelo (PPS) pediu ao prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) a atualização dos nomes das ruas da cidade nos sites que contenham mapas, e que um estudo seja realizado para a contratação de empresa para a colocação de placas com os nomes de ruas e avenidas na cidade, pois em muitos locais não há sinalização.

Assinadas

O prefeito Clodoaldo Gazzetta já sancionou praticamente todas as leis de sua autoria aprovadas nas últimas sessões da Câmara Municipal. Entre as leis estão a manutenção de parte dos redutores do IPTU, a revisão da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) e a autorização para o repasse de verba a entidades de assistência social.

Cadeiras

A Câmara Municipal vai comprar novas cadeiras para vários setores, e concluiu licitação para a aquisição dos bens. A homologação dos lotes foi assinada pelo presidente, vereador Sandro Bussola, e soma pouco mais de R$ 200 mil. A troca de cadeiras é considerada prioritária, pois o mobiliário atual é antigo.

Passarela

O vereador Fábio Manfrinato (PP) vai buscar recursos no ano que vem para a construção de uma passarela na avenida Nações Unidas, na região entre o Bauru Shopping e o Jardim Panorama. O parlamentar diz que muitas pessoas acabam se arriscando para atravessar a avenida, pois não um local adequado de travessia naquele ponto. Ele vai levar a ideia para a senadora eleita Mara Gabrilli (PSDB), e a deputados, para tentar emendas parlamentares ou verba diretamente com o governo estadual ou federal.

Viável

Manfrinato considera o custo de uma passarela algo viável, e com um bom projeto, que tenha também um aspecto arquitetônico por estar na entrada da cidade, a possibilidade de conseguir recursos é grande, dentro da área de mobilidade urbana. O vereador diz que se a obra for realizada as pessoas terão muito mais segurança para atravessar a avenida e evitar acidentes.

Censo

A Prefeitura de Bauru encaminhou para a Câmara um projeto de lei para a criação de um censo do funcionalismo público municipal. A proposta é que os servidores ativos e inativos sejam cadastrados anualmente, com o objetivo de melhorar a administração e controlar efetivamente o número de servidores. O projeto vai começar a ser analisado em fevereiro de 2019, após o fim do recesso dos vereadores.

Leia mais em Entrelinhas
voltar ao topo