Previsão do Tempo
Bauru
Entrelinhas

Entrelinhas

Da Redao

Reunião

O prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) e o presidente da Câmara, José Roberto Segalla (DEM), se reúnem pela primeira vez amanhã, às 15h, na prefeitura. O vice-presidente Coronel Meira (PSB), o primeiro secretário Roger Barude (PPS) e a segunda secretária Yasmim Nascimento (PSC) também devem estar presentes. Antes, às 10h, a nova Mesa Diretora faz a sua primeira reunião na Câmara, para tratar de assuntos internos e mudanças para os dois anos de administração.

Projetos

Com o prefeito Gazzetta, os parlamentares devem discutir, principalmente, alguns dos projetos que o governo deve encaminhar para a Câmara Municipal neste ano. Entre os projetos de lei estão a nova Lei de Zoneamento, a revisão do Plano Diretor e a lei das contrapartidas de empreendimentos. Também estão propostas concessões e parcerias em várias áreas, como iluminação, lixo e da área do aeródromo, e esta última inclui a recuperação da região central como forma de contrapartida.

Fritura

O vazamento da informação à imprensa sobre a lagoa de chorume do antigo aterro sanitário de Bauru que está perto de transbordar foi vista, dentro do governo, como uma tentativa de desgastar o secretário de Meio Ambiente, Sidnei Rodrigues, cujo cargo teria outros pretendentes. Ele cancelou as férias para dar solução ao caso, ontem.

Sinalizou?

O vereador Sandro Bussola (PDT) mudou de número de telefone. Do antigo final 13, agora terá final 15. Ele usou o número anterior desde a época em que foi do PT e agora, estando no PDT, está com um final que é de outra legenda, o MDB. No meio político, alguns já perguntaram ao parlamentar se o MDB será o seu destino para as próximas eleições municipais, ano que vem.

Libras

O primeiro secretário da Câmara, Roger Barude (PPS), tomou posse ontem, e deve levar ao presidente José Roberto Segalla a proposta de implantação de um intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) nas sessões e audiências. A contratação do profissional ocorreria por meio de concurso público, caso a vaga seja efetiva. Algumas Casas de Leis do País, inclusive da região, já possuem esse serviço. Vale destacar ainda que a Libras é língua oficial do País, ao lado do Português, e é fundamental na comunicação de surdos e mudos.

Sem obra

A construção do viaduto da avenida Cruzeiro do Sul com a Rodovia Marechal Rondon pode não sair do papel. Em reunião na Artesp, em São Paulo, ontem, o prefeito Clodoaldo Gazzetta foi informado de que a autorização para a obra deve partir do governo estadual, o que não ocorreu até o momento. O governo anterior tinha sinalizado com a possibilidade de incluir a construção no contrato da Concessionária ViaRondon, mas isso não aconteceu.

Acredita

Desta maneira, a prefeitura terá que fazer a negociação com o novo governo do Estado. Mesmo sem ter apoiado o governador João Doria (PSDB) na campanha eleitoral e com o custo da obra, estimado em R$ 30 milhões, Gazzetta acredita que é possível incluir a construção nas obras das marginais. Dependerá, contudo, de muita conversa na capital paulista. Já sobre as marginais da Rondon, a Artesp prometeu mais rigor com a ViaRondon para agilizar os trabalhos.

Leia mais em Entrelinhas
voltar ao topo