Previsão do Tempo
Bauru
Tribuna do Leitor

Sobra pouco para o governo

Paulo Panossian

Está ficando cada vez mais distante a expectativa do ministro da economia, Paulo Guedes, de zerar neste ano o déficit fiscal.

Já que a Petrobrás, em acordo fechado com a União, vai receber do contrato de cessão onerosa US$ 14 bilhões, ou R$ 52 bilhões.

E como a estimativa era arrecadar US$ 30 bilhões, ou R$ 125 bilhões, com o leilão dos seis mais importantes poços do pré-sal da tal cessão onerosa, com esse acordo firmado entre a União e a estatal de petróleo vai sobrar talvez a metade dos R$ 100 bilhões esperados pelo ministro Guedes para abater do déficit fiscal que, neste ano, está estimado em R$ 139 bilhões.

Mesmo porque o ministro da economia, para aprovar esta matéria no Congresso Nacional, prometeu mesmo antes da posse de Bolsonaro que repartiria parte destes recursos com os Estados e Municípios.

Ou seja, se depois deste anúncio do acordo as ações da Petrobras subiram, animando os investidores, deve ter sobrado uma dose de frustração para o determinado Paulo Guedes...

Leia mais em Tribuna do Leitor
voltar ao topo