Previsão do Tempo
Bauru
Entrelinhas

Entrelinhas

Da Redação

Liberado

O prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) assinou decreto que revoga três decretos anteriores, sendo dois de 2015 e um de 2017, relativos a medidas de contenção de gastos com pessoal devido ao limite da lei fiscal. Desde o ano passado, a cidade não está mais acima do limite e voltou a fazer contratações de servidores efetivos e comissionados. Também foi autorizado neste ano o pagamento de licença-prêmio em dinheiro aos servidores.

Controlado

Apesar do decreto que retira as medidas de controle de gastos, o prefeito afirma que não vai autorizar gastança no governo municipal. De acordo com ele, a ordem aos secretários é manter a economia de despesas, para que haja sobra de recursos para investir em ações que estão sendo anunciadas, como recape e asfalto em ruas e avenidas.

Utilidade

O prefeito Gazzetta sancionou o projeto de lei que declara a utilidade pública da Associação Bethesa. O projeto é do vereador Manoel Losila (PDT) e foi aprovado pela Câmara no ano passado. A entidade é ligada a uma igreja evangélica no Santa Edwirges.

Blocão

Os oito vereadores que reclamam mais consideração do governo municipal e cobram mudanças do prefeito Gazzetta afirmam que estarão unidos, inclusive em debates no plenário, mas que não vão prejudicar a cidade em projetos de interesse do município. A coluna mostrou na edição de ontem que eles estiveram reunidos nesta semana, e querem mais atenção do governo e equilíbrio no atendimento dos pedidos, após parte da base aliada ter apoiado a oposição na eleição da Câmara. O clima está longe de ser calmo na Câmara e deve agitar as primeiras sessões do ano.

Liderança

Com a relação desgastada do grupo de oito parlamentares derrotados na eleição da Câmara com o governo, a definição do novo líder da situação deverá mesmo ficar com membros da base governista que ficaram do lado vencedor. O vereador Sandro Bussola (PDT) é apontado como possível líder, mas Carlão do Gás (MDB) também é visto como um nome viável.

Revisão

A empresa CSM entregou relatório que não atende ao objeto contratado no estudo de revisão dos Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), de acordo com o governo. Desta maneira, a prefeitura vai analisar quais medidas vão ser tomadas para que o estudo tenha continuidade. A prefeitura diz ainda que não fez nenhum pagamento para a empresa. Se o relatório estiver fora dos padrões, é analisada a possibilidade até mesmo de rompimento do contrato e abertura de nova licitação, o que atrasaria a revisão dos PCCS.

Estranho no ninho

O vereador Carlinhos do PS (PV) considerou deselagante o secretário de Esportes, Alexandre Zwicker, ter ficado próximo dele no anúncio do programa de parques lineares, ontem, no auditório da Prefeitura, sem o ter cumprimentado.

Apertado

O prefeito Clodoaldo Gazzetta trabalha com calendário de apenas 14 meses para seu mandato. São os 10 deste 2019 e os quatro primeiros meses de 2020. É que, após esta data, os gestores sofrem restrições em ações, contratos e gastos em razão da eleição. Assim, o que tiver de sair do papel terá de ser feito nesse período.

Leia mais em Entrelinhas
voltar ao topo