Previsão do Tempo
Bauru
Entrelinhas

Entrelinhas

Da Redao

Primeiro

O deputado federal Rodrigo Agostinho (PSB-SP) fez ontem o seu primeiro discurso na tribuna da Câmara dos Deputados. Ele tomou posse na última semana e em sua estreia no Congresso lembrou que foi vereador e prefeito de Bauru. O parlamentar destacou ainda os projetos que apresentou segunda-feira, voltados ao combate à corrupção e de proteção do meio ambiente. Ao final, pediu que o discurso, com pouco mais de um minuto, fosse disponibilizado no programa 'A Voz do Brasil', que vai ar nas rádios brasileiras.

Comitê

Rodrigo deve abrir o seu escritório político em Bauru dentro de alguns dias, nos Altos da Cidade. Já estão trabalhando com ele várias pessoas que participaram de seus governos na prefeitura, como Rubens Ribeiro de Barros Filho, o Rubito, que ficará na capital federal, Sílvia de Deus e Paulo Ferrari, que ficarão em Bauru. O deputado manterá assessores da área de comunicação na cidade.

Apoio

O ex-prefeito de Pederneiras, Daniel Camargo, que no ano passado foi diretor da Erplan, também está na equipe do escritório político da cidade, no contato com prefeitos e vereadores da região. Muita gente já tem procurado o deputado para pedir recursos a municípios ou ajuda em projetos do governo federal.

Resposta

A vereadora Chiara Ranieri (DEM) cobrou, na sessão da Câmara na segunda-feira, a necessidade de uma nova Lei de Zoneamento e de revisão do Plano Diretor e mostrou um caso em que um comerciante está com dificuldade para manter o negócio pela via estar fora dos corredores comerciais. Ontem, o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) afirmou que as duas leis serão encaminhadas para a Câmara neste ano. O processo de elaboração ainda vai começar e deve levar alguns meses até ser concluído.

Internações

O vereador Roger Barude (PPS) foi ontem à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Núcleo Mary Dota e mais uma vez recebeu diversas reclamações de espera por vagas de internação no Hospital Estadual e Hospital de Base. O problema é antigo e só será resolvido com a criação de mais leitos hospitalares. No Base, o Estado prometeu no final do ano passado a ampliação em 21 leitos. A Secretaria de Estado da Saúde afirma que, mesmo com a mudança no governo, a liberação dos recursos para essas vagas está garantida até o momento.

Aditivos

A Prefeitura autorizou o aditivo de R$ 7.986.337,86 para a empresa COM Engenharia na construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Vargem Limpa. Este valor é para a drenagem subestrutural, que foi solicitada pela empresa e autorizada pela DAE, conforme o JC antecipou no final do ano passado. Agora, o valor do contrato está em R$ 144.846.746,90. Mas como outros aditivos serão liberados ainda, este montante vai crescer.

Retomada

Como este era o principal aditivo pendente, o DAE espera agora que a COM retome as obras até o final do mês. A soma total dos aditivos solicitados pela empresa, já incluindo este, passa de R$ 23 milhões, e se todos forem aprovados, mais as correções de valor anuais previstas em contrato, o valor da obra que era inicialmente de R$ 129 milhões passará de R$ 155 milhões. Vale destacar que o município conseguiu R$ 118 milhões a fundo perdido para a obra.

Leia mais em Entrelinhas
voltar ao topo