Previsão do Tempo
Bauru
Tribuna do Leitor

Carta aberta ao bom senso

Henrique Perazzi de Aquino, jornalista e professor de Histria (www.mafuadohpa.blogspot.com)

O país nunca esteve numa situação tão calamitosa como nesse momento. Suas instituições estão pela hora da morte, dinamitadas pelos atuais mandatários e seus asseclas, esses localizados por todos os lugares, inclusive na aldeia bauruense. Não precisa ser entendido em assuntos aleatórios ou contraditórios, ter estudo, ser formado nisso ou naquilo para se enxergar que estamos nos dirigindo a passadas cada vez mais largas para o precipício. Dentre todos os candidatos que nos foram sugeridos na última eleição, creio o pior de todos chegou lá e o fez, pelos motivos mais do que expostos e divulgados. A eleição não primou pela lisura. Com o país infestado de fake news, inclusive muitos deles disparados de uma central localizado em nossa cidade, os rumos dela foram alterados praticamente na véspera do pleito. Cabeças de incautos foram seduzidas e hoje, com um mês completado do novo desGoverno, o caos está estabelecido.

O que fazer para reverter a situação? Não ocorrendo uma grande união nacional, a degradação terá continuidade. Se faz necessário interromper de uma vez por todos, ou ao menos um trégua para salvar o país das mãos dos que a põem a deriva. O tempo urge e na continuidade da ladainha de que tudo foi proveniente dos Governos petistas beira já a insanidade e irresponsabilidade, uma vez que esses estão fora do poder há mais de dois anos. De lá para cá, irremediavelmente e a olhos vistos, o país só piorou, leis trabalhistas foram dilapidadas, direitos foram suprimidos, poder aquisitivo foi drasticamente reduzido e mesmo o duramente conquistado por muitas décadas está sendo colocado na lata do lixo. O país não merece tanto retrocesso em tão pouco espaço de tempo. Tínhamos instituições funcionando, credibilidade e respeito exterior, a privatização de nossas principais estatais não estava em nenhuma mesa de negociação, os movimentos sociais atuavam sem nenhum tipo de problema e os menos favorecidos se viram beneficiados com benesses nunca vistas.

Por que perder tudo isso? Está mais que nítido para tudo e todos, inclusive para nossos empresários, que o momento atual é imensamente pior que o de, por exemplo, dez anos atrás. Essa drástica mudança comandada por gente mais que despreparada destrói o país e mesmo quem sempre ganhou muito, hoje mais perde que ganha. A instabilidade toma conta do país, as transações de comércio internacional estão se deteriorando, grandes indústrias dia após dia fechando suas portas. O que falta acontecer para algo ser feito e se criar algo novo para defenestrar do poder quem já se mostrou totalmente despreparado para o exercício do poder? Não merecemos isso tudo, o país é grande demais para suportar tamanho retrocesso em quase sua totalidade de áreas de desenvolvimento, desde Econômica, Educacional, Cultural, Saúde ou mesmo Social. Falta bom senso para muitos em continuar dando aval para quem hoje nos governa. Como conseguem dormir vendo tudo sendo destruído e sem mover uma palha para alterar o rumo da nave?

Muito coisa pode e deve ser feita, mas já, pois amanhã talvez não tenhamos mais tempo e tudo já estará definitivamente dominado. Além de todo o despreparo para o exercício das funções hoje ocupadas por gente sem a menor condição de tocar esse barco, esperar que algo caia do céu como um maná divino é tudo o que eles querem. Ou vamos todos à luta, sem trégua, denunciando e retirando o apoio dado, impondo uma mudança imediata ou corremos sérios riscos de não só a milícia, ou algo parecido, ser enaltecida como salutar, como o fez recentemente o atual presidente ou nossa voz ser calada de forma abrupta logo ali na virada da esquina. A reação tem que ocorrer enquanto ainda é possível. Eu faço a minha parte e me declaro não só descontente e repudiando, mas me expondo e usando as únicas armas que sei empunhar, o grito, a escrita e estar junto dos movimentos que lutam abertamente por um novo país. Olhe para sua situação e me diga com sinceridade: se está ruim, por que não reagir? Com ódio nas ventas nos afundaremos mais e mais. Vamos refletir e agir, mas antes de tudo refletir: O que foi feito do bom senso?

Leia mais em Tribuna do Leitor
voltar ao topo